25 fevereiro, 2015

O que os olhos podem ver


Meio rosto, corpo inteiro 
Bela imagem, novo roteiro.
Como posso te traduzir? Seduzir o seu desejo...
Como devo deduzir? Tudo que eu vejo!
Posso resumir 
Os seus lábios no meu beijo
Posso sumir 
Diminuir o seu olhar, Para ver como estou tão perto.
Posso estar certo! E coberto de razão Como não te querer...
Que face linda
Que a tem sem rima A poesia é bela.
Pele são pétalas macias 
No tocar para ver se é real.
Os olhos grandes parecem ter 
A visão encantada do espelho.
E ate sem batom vermelho 
Não perde a doçura do riso carnudo. 
Como não te querer...
Se um olho te observa, O outro te devora!

De: Juan Vieira
Para: Sidy Batalha

Nenhum comentário:

Postar um comentário