30 março, 2014

.


Não consigo escrever sem sofrer um pouco (...) Escrever não é muito simples, não é assim: você senta, põe o papel na máquina e escreve. Às vezes não vem nada. Outras vem confusamente. Só depois de escrever três ou quatro laudas aparece uma frase – e essa frase é a coisa, o resto não interessa.
Caio Fernando de Abreu 

Nenhum comentário:

Postar um comentário